PARA REFLETIR...

"...foram ideais que suscitaram meus esforços e me permitiram viver. Chamam-se o bem, a beleza, a verdade. Se não me identifico com outras sensibilidades semelhantes à minha e se não me obstino incansavelmente em perseguir este ideal eternamente inacessível na arte e na ciência, a vida perde todo o sentido para mim." (Albert Einstein, in: "Como vejo o mundo")

SEJAM BEM-VINDOS!













Este blog foi criado para divulgar e compartilhar arte e artesanato, mostrar meus trabalhos e fazer amigos.Terei sempre o maior prazer em dividir com vocês dicas e técnicas, e tudo o que eu for aprendendo, porque estamos sempre aprendendo.
E esse dom de Deus , de aprender e de amar o Belo, é de todos nós: Deus , seguramente, não é corporativista nem faz contrato de exclusividade com ninguém!



























Tenho peças prontas à venda e também aceito encomendas.

Informações: claudia-ribeirao@hotmail.com

Vendas:



PARA REFLETIR... II

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e alguns amigos verdadeiros. Vença assim mesmo. Se você é honesto e franco, as pessoas podem enganá-lo. Seja honesto e franco assim mesmo. O que você levou anos para construir, alguém pode destruir de uma hora para outra.Construa assim mesmo. Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja. Seja feliz assim mesmo. Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.Dê o melhor de você assim mesmo. Veja você que, no final de tudo, será você e ... DEUS . E não você... e as pessoas! (Madre Teresa de Calcutá).

SÃO PAULO AOS CORÍNTIOS

Hoje acordei recebendo esse vídeo, não sei o nome do anjo que me enviou, mas não importa ,só tenho a agradecer

Posted by Ana Cristina on Domingo, 6 de setembro de 2015

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

SCRAP: OUTRO PORTA-VELAS

Como eu tinha uma caixa vazia de sabão em pó e muitos retalhos de papel, resolvi fazer mais um porta-velas/correpondência/lápis etc. Depois de cortar a caixa na forma desejada, eu a revesti com papel kraft e com sobras papéis decorados cujas cores combinavam. Fiz duas flores de papel, um journaling (Printable Card Dro

ps via Tip Junkie) e arrematei com uma rendinha.


Essas flores

de papel são facílimas de fazer.Já vi o PAP em diversos sites.Primeiramente, corte uns 5 ou 6 círculos de papel de scrap no tamanho desejado. Dobre ao meio 3 vezes consecutivamente; vai ficar uma espécie de cone ou triângulo. Vinque bem as dobras. Abra o círculo de papel e as marcações estarão dividindo a circunferência em 8 partes. Dê um pique em cada uma das marcações, sem atingir o centro, formando pétalas. Amasse bem cada círculo (Esse processo dará volume à flor). Se o papel for colorido industrialmente, umedeça-o de leve; não faça isso se tiver sido impresso em computador, porque irá borrar. Abra novamente os círculos e sobreponha-os, juntando-os pelo centro com uma bailarina ou colando um a um com um pingo de cola branca e depois finalizando com um botão ou um châton.
Não sei o que está acontecendo com a postagem, as fotos interrompem o texto ou simplesmente não aparecem depois de clicar em "CONCLUÍDO". Por isso, desculpem o aspecto meio bagunçado, mas não é minha culpa!

domingo, 21 de agosto de 2011

PORTA-VELAS ALTERED





Pode ser um porta-velas, um porta-incensos, um porta-correspondência ou o que sua imaginação mandar! É um projeto altered, ou seja, um objeto que teve sua aparência e utilidade alteradas de alguma forma, no caso, pela técnica do scrapbooking que aí foi utilizada. Além disso, é também uma reciclagem, já que a estrutura básica é a boa e velha caixa de sabão em pó.Depois de cortar a caixa dando-lhe a forma desejada, forrei-a com papel de presente com estampa de corações.Revesti a perte interna da caixa com papel color set num tom castanho igual a um dos tons da estampa.Ainda com o papel castanho, cortei um retângulo e apliquei na frente da caixa. Sobre esse retângulo, posicionei o cromo vitoriano, que imprimi no computador em papel de gramatura 180. Também dá pra imprimir em sulfite e colar sobre cardstock ou Canson, com cola branca ou cola para découpage (o gel base para découpage da True Colors é ótimo e acid free). Aí vem a parte que exigiu uma paciência de Jó: cortar, um a um os corações no papel estampado, colá-los sobre o Canson e recortá-los novamente. Com a minicarimbeira marrom da Pretty Colors, dei batidinhas de leve nas bordas dos corações e na caixa ( fiz isso também na figura da menina), para dar o aspecto envelhecido.Colei, com cola branca, uma passamanaria rosa ao redor da base da caixa. A cola branca fica transparente após secar, não tem perigo de aparecer.Fixei os corações com fita-banana, para dar relevo, procurando fazer superposições.Depois, fixei as rosinhas de cetim e o laço de fita com um pingo de cola quente, tomando o máximo cuidado para não deixar excessos.

sábado, 20 de agosto de 2011

SCRAPDECOR: ENFEITE DE PORTA

Fim-de-semana com chuva e frio! Sair, nem pensar... Em contrapartida, minha cabeça fervil


ha de ideias "scrappeanas"(rsrs). São tantas ao mesmo tempo, que preciso anotar e fazer esboços pra não me perder e deixar no limbo projetos bacanas...
Visitando sites internacionais de scrap, fiquei verdadeiramente apaixonada pelos cartões: fazem-se cartões pra tudo: Natal, Ano-Novo, Aniversário,Agradecimento, Ação de Graças, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia dos Namorados, Dia do Amigo... e por aí vai... e tem cartão que não celebra Dia de nada, apenas é a expressão da artista-scrapper que o criou... São lindos!
Estou começando agora a minha produção que, pelo andar da carruagem, só tende a aumentar - e muito rapidamente!Já dei de presente dois LOs, dois cartões e um risque-rabisque. Pretendo emoldurar alguns LOs para decorar minha casa, comercializar outros. Mas ainda assim, estou preocupada: onde vou guardar os projetos terminados, enquanto não encontram seu destino? Haja espaço!
O enfeite de porta que estou postando é o primeiro que faço; esse não será problema guardar, é só pendurar na porta!rsrs...
Já existe no mercado a estrutura pronta: de MDF em lojas de artesanato e de chipboard em lojas de scrap. Mas fiz a minha versão com papelão-paraná duplo (cortei o molde 2 vezes no papelão e colei as duas peças, para dar mais resistência). Também dá para fazer com papel holler, porém é mais difícil de cortar. Não me ajeito muito com régua e estilete, prefiro uma boa tesoura. Acho que é a prática vinda das minhas costuras que, aliás, estão abandonadas...
Depois de coladas as duas peças uma na outra, lixei as bordas com uma lixa de unha, para nivelar. Revesti frente e verso com papel-camurça preto e, como a carimbeira preta não resolveu o problema de escurecer as laterais, o jeito foi apelar para o pincel e tinta (usei PVA DAIARA, alguém sabe se é acid free?).
Decorei com papéis impressos no computador,journaling ("Carpe diem" escrevi à mão, "Cozy place" digitei no Word Pad e depois imprimi e apliquei na tag),fitas de cetim rosa e um retalhinho de renda preta que assim escapou de ir para o lixo. Achei que ficou bem vintage, a figura das mulheres e as rosas são bem art-déco...Sem falsa modéstia, amei...
Espero que gostem também!



SCRAP: BLOQUINHO DECORADO

Na postagem anterior, publiquei a foto de um bloquinho de anotações que decorei com retalhos de E.V.A. Hoje estou postando a foto de outro, que decorei com a técnica do scrap, utilizando apenas papéis que imprimi no computador e depois recortei com a tesoura. Para colar, utilizei cola branca (li, num site confiável de scrapbooking, que a Cascorez rótulo azul é acid free - então é ela que tenho usado) e fita dupla-face. Não fiz relevos com fita-banana, porque o bloquinho é uma peça que será bastante manuseada - os enfeites em relevo poderiam acabar sendo danificados. Há que se pensar não só em estética, mas também em funcionalidade... Não foi necessário cobrir a capa do bloquinho (só forrei a parte interna),


que já era feita de um cartão bonito, semelhante ao cardstock - e olha que comprei numa loja de 1,99! Aliás, nessa loja, havia blocos com essas capas, em cores variadas. Comprei esse, com capa preta, pra fazer uma experiência... Acho que deu certo!

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

BLOQUINHO DECORADO

Aproveitei uns retalhos de E.V.A. e fiz este bloquinho decorado. As flores foram recortadas com furador, coladas com cola instantânea para couros TEK725 (não gosto da cola de contato para E.V.A)e contornadas com caneta gel preta, com a qual também escrevi "ANOTAÇÕES".Para esconder a espiral e dar acabamento, fiz uma "lombada" que também colei com a TEK725.


segunda-feira, 15 de agosto de 2011

CraftBook: DESAFIO AGOSTO/2011-ATIVIDADE 4

CraftBook é uma comunidade dedicada ao scrapbooking, da qual comecei a fazer parte recentemente. Estou participando de um desafio, o Desafio de Agosto/2011, constituído de 4 atividades: um cartão, um LO, um risque-rabisque e a divulgação, aqui no blog, da comunidade e de um site parceiro, o Duoo Design. Eu já havia feito a divulgação no início de agosto, em forma de gadget com URL de terceiros, ali do ladinho direito do blog, porque fica sempre visível toda vez que o blog é acessado, não importa a página. A postagem fica visível enquanto não vier a próxima, depois vai para o arquivo... Mas como a administração do blog não descobriu meu gadget, pequenininho, mas tá lá!rsrs..., aqui vão os links novamente:

http://craftbook.com.br

http://duoodesign.blogspot.com


Visitem os sites, vcs. vão gostar!

domingo, 14 de agosto de 2011

LO: RHODODENDRON MAXIMUM (GREAT LAUREL)

Rhododendron maximum L. é o nome científico do rododendro, "great laurel" em inglês, essa bonita flor que me inspirou a fazer uma página de scrap. Pelo que tenho visto, temas como esse (flores, pássaros, cromos vitorianos, figuras vintage) são largamente utilizados nos cartões, e as fotos vão com mais frequência para os LOs(layouts) e miniálbuns, mas isso não quer dizer que seja uma regra. Como sou apaixonada por flores, pássaros e figuras antigas, mais do que por fotos, caiu a sopa no mel...

domingo, 7 de agosto de 2011

LAYOUT: FREE LIKE A BIRD

Como boa aquariana que sou, ser livre, pra mim, é como respirar: vital e imprescindível. A expressão "livre como um pássaro" cai-me como uma luva - desde que não haja gaiolas - ou, se as houver, que suas portas estejam permanentemente abertas, para configurar-se aí o abrigo e não a prisão.. Pensando nisso, é que fiz esse layout híbrido, com vocação para o shabby chic. Usei figuras vintage, rendinhas, uma pérola cor-de-rosa (na verdade, um botão de um antigo pijama - shabby autêntico...kkkk...), papelão corrugado no qual fiz pátina branca... E a figura central do pássaro é um carimbo pelo qual me apaixonei - comprei na Mega Artesanal. Depois de carimbar a figura, colori com lápis aquarela.Com exceção do cardstock verde,no qual também fiz uma leve pátina branca, e do papelão corrugado(originalmente, a embalagem de uma compra virtual de papel holler), os outros papéis decorados, assim como as letras, obtive na internet e imprimi.

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

CAIXA PARA GUARDAR CARDSTOCK

Tenho observado, nas minhas incursões pelos sites e blogs de scrapbooking, que uma preocupação geral é onde e como guardar toda a parafernália utilizada nessa técnica.Com bastante espaço disponível já é difícil, imagine sem!Algumas afortunadas têm um scraproom, outras têm apenas um scapcorner (ou scrapcanto). Eu, no momento, tenho uma scrapmesa - a da cozinha - onde, aliás, faço todo tipo de artesanato. Por falta de espaço adequado e, principalmente, por falta de organização, meu material de artesanato encontra-se espalhado pelo apartamento inteiro - pensando bem, só escapou o banheiro! rsrs... Agora que comecei a me interessar pelo scrap e, consequentemente, a comprar itens que antes não usava, como cardstock, carimbo, carimbeira, furador etc. etc. etc., adivinha o que aconteceu? estou no meio do caos!!! E firmemente determinada a pôr ordem na bagunça, antes de enlouquecer ou morrer soterrada debaixo de um papel decorado... Há algumas semanas, comprei umas folhas de scrap numa loja virtual e elas vieram por Sedex numa caixa de papelão que era tudo que eu queria! Depois de passar por um processo de transformação, ela virou um projeto altered/híbrido/alternativo, e agora é aí que vou guardar cardstock! Primeiro, fiz uma adaptação na tampa, que tinha duas abas: cortei uma delas e emendei na outra, com fita-crepe, de modo a formar uma tampa. Forrei a caixa com papel de presente e fiz o fecho com um botão de papelão holler revestido com o mesmo papel de presente, e uma alça de elástico roliço. Decorei com papéis que imprimi e com toalhinha de papel rendado. A tag, com uma frase que achei linda, é do site www.issasarza.com . As letras da palavra CARDSTOCK são de um alfabeto que eu encontrei na net, imprimi e recortei no papel decorado. Não me preocupei com o fato de os materiais utilizados serem ou não acid free, porque essa caixa, com certeza, não vai ficar para a posteridade...kkk.
Ocorreu um erro neste gadget

TRIBUTO A VAN GOGH

Vincent Van Gogh Paintings

O BIFE

BOA MÚSICA

LIVROS IMPERDÍVEIS

  • A IMPORTÂNCIA DE COMPREENDER - Lin Yutang
  • A JANGADA DE PEDRA - José Saramago
  • COMO VEJO O MUNDO - Albert Einstein
  • CONFESSO QUE VIVI - Pablo Neruda
  • ENTERREM MEU CORAÇÃO NA CURVA DO RIO - Dee Brown
  • FERNÃO CAPELO GAIVOTA - Richard Bach
  • INICIAÇÃO - Elisabeth Haich
  • O CÓDIGO DA VINCI - Dan Brown
  • O EFEITO ISAÍAS - Gregg Braden
  • O GUARANI - José de Alencar
  • O VELHO E O MAR - Ernest Hemingway
  • UM - Richard Bach

FILMES QUE EU AMEI

  • A HISTÓRIA SEM FIM
  • CHICO XAVIER
  • CORAÇÃO VALENTE
  • DANÇA COM LOBOS
  • DERSU UZALA
  • E O VENTO LEVOU...
  • ENTRE DOIS AMORES
  • O GUARDA-COSTAS
  • SEX AND THE CITY
  • SINAIS
  • UM HOMEM DE FAMÍLIA
  • WHAT WOMEN WANT
  • ÁFRICA, ADEUS

Marcadores